close
close

Ano fiscal de 2013 com maior entrada de pedidos – Mudança no Conselho Administrativo.

Uzwil, 02/11/2014 – o Grupo Bühler fechou o ano fiscal de 2013 com resultados muito distintos nas várias unidades de negócios e regiões. A entrada de pedidos excedeu o nível de um ano atrás em 1%. A receita de vendas (turnover) foi 4% menor do que no ano anterior. Devido a encargos resultantes de uma aquisição, a margem EBIT caiu para 6%. Conforme anunciado há algum tempo, Urs Bühler deixou o Conselho Administrativo na última Assembleia Geral. Seu sucessor é Calvin Grieder, que também continua atuando como CEO. Entrada de Pedidos
A entrada de pedidos totalizou 2.363 milhões de francos suíços, 1% a mais do que no ano anterior. A Divisão Food Processing cresceu 7% e Grain Processing fechou com 3% a menos de pedidos. Já a Divisão Advanced Materials atingiu 4% a mais do que em 2012, apesar do desinvestimento da Unidade de Negócios Thermal Processes. Enquanto os negócios envolvendo novas instalações sofreram frequentes atrasos devido às dificuldades de financiamento enfrentado pelos clientes, os negócios realizados na área de atendimento ao cliente cresceram 8%.A situação também é heterogênea em relação ao desenvolvimento de entrada de pedidos por regiões. Neste indicador de desempenho a América do Norte ficou 17% abaixo do valor do ano anterior, embora este ainda tenha sido o segundo melhor volume já alcançado. Quedas também foram sofridas nas regiões do Oriente Médio/África (-14%) e Índia (-11%), principalmente devido à desvalorização de algumas moedas locais. Por outro lado, a Bühler cresceu 23% na América do Sul, o que é um novo recorde. Após um ano anterior decepcionante, a Europa cresceu 11% em 2013 e a  Ásia obteve um crescimento notável de +12%.

Receita ligeiramente menor - menor rentabilidade
O total da receita de vendas (turnover) em 2013 foi de 2.322 milhões de francos suíços. Isto representa 3,6% a menos do que no ano forte ano de 2012 (+13% comparado com 2011). Em termos orgânicos, a variação foi de -3%. Com 139 milhões de francos suíços, ou 6% das vendas, a margem EBIT ficou aquém do resultado do ano anterior (168 milhões). Por um lado, isto se deve à otimização estratégica do portfólio da divisão de Advanced Materials, que implicou custos de integração e reestruturação. Outro efeito ocasional com impacto negativo sobre a rentabilidade do Grupo Bühler foi o gerenciamento de projetos insatisfatório em algumas unidades de negócios. O resultado do EBIT do Grupo foi de 123 milhões de francos suíços ou 5,3%. Apesar do baixo EBIT, a Bühler deliberadamente manteve seu alto nível de gastos com pesquisa e desenvolvimento (mais de 100 milhões de francos suíços), bem como a expansão global de suas organizações locais de serviços de atendimento ao cliente.

Rejuvenescimento e internacionalização do Conselho Administrativo
Na Assembleia Geral realizada em 10 de fevereiro de 2014, Urs Bühler e Hans J. Löliger deixaram o Conselho Administrativo por terem atingido o limite de idade estipulado no estatuto. Na mesma ocasião, Calvin Grieder foi nomeado Presidente do Conselho Administrativo, além de permanecer na sua função como CEO. Peter Quadri, atual Membro do Conselho Administrativo, foi nomeado como o novo Vice-Presidente. Além disso, Karin Bühler, a filha mais velha de Urs Bühler, passou a integrar o Conselho Administrativo. O Grupo Bühler permanece 100% de propriedade da família Bühler. Em um movimento para garantir a internacionalização direcionada da organização, a Assembleia Geral elegeu dois novos membros para o Conselho: Linda Yang, Gerente Geral da Bongrain S.A. (China) e Frank N.J. Braeken, Diretor de Investimentos na Amatheon Agri Holding (Dubai). Linda Yang ocupou cargos em diversas organizações internacionais, como a Nestlé e Procter & Gamble na China e tem conhecimento profundo desse mercado. Frank N.J. Braeken, cidadão belga, trabalhou na Unilever por 25 anos, e seu último cargo lá foi Diretor-Presidente Executivo para a África.

Perspectiva
No início de 2014, a Bühler já tinha uma provisão sólida de pedidos de na ordem de 1,3 bilhão de francos suíços. Isto fornece potencial para crescimento, enquanto o ritmo de investimento de capital se restabelece. Esta avaliação também é fundamentada no fato da Bühler operar em mercados que se beneficiam das fortes tendências sociais globais. Estas tendências incluem, em particular, a demanda crescente por alimentos seguros, saudáveis ​​e acessíveis (Divisões de Food Processing e Grain Processing) e o crescente desejo das pessoas por mobilidade inteligente (Divisão de Advanced Materials). A Bühler também vai se esforçar para melhorar constantemente a sua excelência operacional a fim de aumentar ainda mais a sua produtividade e flexibilidade. Como não há grandes efeitos esperados em 2014 e o investimento de capital nos mercados seguramente dará frutos, a Bühler manterá a meta do EBIT de 8% a 12% para 2014.

Sobre a Bühler:
A Bühler é líder mundial na área de engenharia de processo, em especial em tecnologias de produção e serviços para a indústria alimentícia e de materiais avançados. A Bühler opera em mais de 140 países e possui mais de 10.000 funcionários. No ano fiscal de 2013, a empresa gerou uma receita de vendas de 2.322 milhões de francos suíços.

Contato de Mídia:
Corina Atzli, Head Corporate Communications, Bühler AG, 9240 Uzwil, Switzerland
Phone +41 71 955 33 99, Fax +41 71 955 38 51, E-mail media@buhlergroup.com

Urs Bühler, Presidente do Conselho Administrativo (esquerda), e Calvin Grieder, Diretor Executivo e novo Presidente do Conselho Administrativo (direita), no Customer Center da Bühler em Uzwil. Peletizadora Kubex T na montagem em Uzwil, Suíça. Cliente Shri Krishna Metcom Ltd. em Ranchi, India. A linha única da fábrica de beneficiamento de arroz estabelece um novo padrão da indústria na produção de arroz parboilizado, maximizando a produção e minimizando o rompimento do produto, garantido qualidade do produto consistente. Cliente Letong Chemical Co. Ltd. em Zhuhai, China.

Relatório anual

Informações detalhadas podem ser obtidas do nosso relatório anual.

Arquivo

Você procura noticias mais antigas? Mais informações você encontra no arquivo.